Início > Oscar 2015, Votações no blog > E o Oscar 2015 foi para… (cobertura online e todos os premiados)

E o Oscar 2015 foi para… (cobertura online e todos os premiados)


87th Oscars®, Thursday Set Ups

Olá pessoal, boa noite!

Mais uma vez eu tenho o prazer de acompanhar a entrega do maior prêmio da indústria cinematográfica de Hollywood, o Oscar, junto com vocês.

Este ano, contudo, tenho uma novidade. A partir das 20h30 eu farei uma cobertura em tempo real do tapete vermelho e, depois, da premiação da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood no site do jornal Notícias do Dia, de Florianópolis, aonde trabalho como repórter e colunista de Economia.

Por lá eu vou atualizar muito mais rápido que por aqui. Por isso se você tem pressa e quer participar da cobertura, indico que acompanhe essa cobertura pelo site do jornal, que pode ser acessado por aqui. O canal E! Entertainment começou a programação do Oscar as 15h30 deste domingo, dia 22 de fevereiro, com a contagem regressiva para o tapete vermelho e a premiação.

A receita foi a mesma do ano passado: especulações e palpites sobre as celebridades que vão arrasar este ano no tapete vermelho, se destacando pelos vestidos, ternos e acessórios. Comentaram também a principal queda de braço da noite, na categoria Melhor Filme, que deve ser disputada por Boyhood e Birdman. As bolsas de apostas inglesas colocaram as fichas em Birdman. Para o meu gosto, quem deveria levar é Boyhood. Logo veremos.

Os comentaristas do canal E! também falaram do esquecimento no Oscar de Selma, que foi indicado apenas a Melhor Filme e Melhor Canção – e tem chances apenas na segunda categoria. Dá para entender esse “desprezo” da Academia por causa do ano conturbado que os Estados Unidos viveu desde o último Oscar. Em 2014 o prêmio principal foi para 12 Years a Slave, mas depois vieram as mortes de negros por policiais brancos e a convulsão social que agitou o país do Tio Sam. Agora, realmente, o clima é outro.

Na contagem regressiva o pessoal também falou de combinações de acessórios com diferentes cores de vestidos, lembraram atores e atrizes que se vestiram bem e mal em edições anteriores, e houve até uma predição feita por filhotes caninos – no ano passado o E! apostou no mesmo recurso.

No Oscar 2014 os cãezinhos disponíveis para adoção acertaram ao comer toda a comida do prato com o nome do filme 12 Years a Slave. Este ano, eles não limpara o prato, mas comeram mais o que havia em Boyhood.😉 Vocês aqui no blog também votaram mais em Boyhood. Logo veremos se todos nós acertamos. Nas premiações pré-Oscar Boyhood e Birdman dividiram os prêmios. Será uma disputa concorrida, tenho certeza.

O tapete vermelho começou a ser transmitido pelo E! às 19h30. Como no ano passado, a chegada começou a ficar interessante depois das 20h.

Pessoal, a dica fica mesmo para vocês acompanharem a cobertura em tempo real no site que eu indiquei ali acima. Por aqui, vou conseguir apenas publicar os ganhadores das diferentes categorias depois.

Agora sim, voltei para cá.🙂 Espero que vocês tenham me dado o prazer de ter me acompanhado em uma cobertura em tempo real para valer, desta vez. Inclusive com alguma interação. Para quem não viu como foi, dá para acessar o conteúdo neste link.

birdman13No fim das contas, os dois filmes mais indicados este ano, The Grand Budapest Hotel e Birdman, com nove chances cada um, foram também os que mais ganharam estatuetas. Birdman levou quatro, com vantagem por ter abocanhado três das principais: Melhor Filme, Melhor Diretor e Melhor Roteiro Original. Para fechar a conta, levou ainda o Oscar de Melhor Fotografia.

The Grand Budapest Hotel abocanhou quatro prêmios técnicos: Melhor Figurino, Melhor Maquiagem e Penteado, Melhor Design de Produção e Melhor Trilha Sonora. Todos merecidos. Em segundo lugar entre os filmes que mais receberam estatuetas, ficou Whiplash, com três prêmios: Melhor Ator Coadjuvante para J.K. Simmons, Melhor Edição e Melhor Mixagem de Som. Todos muito merecidos também.

Meu palpite era que o Oscar 2015 seria pulverizado. Pois bem, fora The Grand Budapest Hotel e Birdman ganhando quatro estatuetas cada e Whiplash levando três, o restante dos prêmios foram pulverizados para nada menos que 10 produções. Cada um ficou com um Oscar cada.

Isso já era previsto que acontecesse com filmes como Still Alice, Selma, Ida e CitizenFour, mas admito que eu esperava um reconhecimento maior para Boyhood. Para mim, junto com Selma, injustiçado já no momento das indicações, Boyhood foi o grande injustiçado da noite. Infelizmente ele ficou passível de ser comparado com filme muito mais fracos como Sniper Americano e The Theory of Everything.

Acabei citando outros premiados acima. Para mim, foi justo Ida ganhar como Melhor Filme em Língua Estrangeira, ainda que Mandariinid tenha mexido mais comigo. Gostei de ver Big Hero 6 desbancar How To Train Your Dragon 2. Não assisti a nenhum dos filmes de animação, mas eu tinha gostado da pegada de Big Hero 6 no trailer que eu assisti. Agora quero conferir o filme. Melhor Documentário não teve jeito, ganhou o favorito CitizenFour.

No saldo geral deste ano, achei a premiação bastante morna. O apresentador Neil Patrick Harris, em especial, foi muito ruim. Não fez rir nem a plateia de americanos que normalmente entende as piadas que pra gente não fazem muito sentido. Achei fraco demais. As apresentações – incluindo uma homenagem estranha protagonizada por Lady Gaga – também careceram de brilho e impacto.

Para salvar um pouco a noite, apresentações bacanas de Adam Levine (que interpretou a canção Lost Stars, do filme Begin Again), Tim McGraw (com a bela canção I’m Not Gonna Miss You, do filme Glen Campbell… I’ll Be Me), Rita Ora (com a canção Grateful, do filme Beyond the Lights) e, principalmente, com a emocionante e que levantou a plateia apresentação de Common e John Legend (da ótima Glory, de Selma). Essas apresentações, especialmente a última, ajudaram a salvar um pouco a noite de espetáculo morno.

Nas categorias dos atores e atrizes, nenhuma surpresa. E algumas injustiças com carreira bem consistentes resolvidas. Levaram estatueta J.K. Simmons, Patricia Arquette, Julianne Moore e Eddie Redmayne. Todos ganhando pela primeira vez. Aliás, este ano, muitos ganharam uma estatueta pela primeira vez. Fiquei especialmente feliz por Julianne Moore que há tempos merecia um Oscar. Justiça também com Simmons e Arquette, que sempre tiveram a coragem de fazer filmes alternativos, e com Redmayne, que teve o papel de sua vida em The Theory of Everything.

Sobre o resultado do Oscar 2015, sem dúvida gostaria que Boyhood tivesse levado mais prêmios, especialmente o de Melhor Filme. Acho ele mais profundo e impactante, inclusive mais fácil de ser lembrado no futuro, que Birdman. Selma e The Imitation Game também mereciam mais destaque. Mas algo é preciso dizer: a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood foi ousada ao premiar um filme como Birdman.

A produção com roteiro liderado por Alejandro González Iñarritu e dirigida por ele faz uma grande autocrítica ao mainstream. Conta uma história pesada que, apesar de ter alguma fantasia, faz questionamentos bem pesados sobre Hollywood, a Broadway e outros símbolos da cultura dos Estados Unidos. Premiar este filme é um passo a mais na renovação da indústria plasmada em Hollywood. E isso é sempre bacana.

Obrigada a você que me acompanhou na cobertura no site do Notícias do Dia. Espero que no próximo ano possamos continuar juntos, seja por aqui ou por outra plataforma que surgir. Abaixo deixo a lista com todos os premiados. Para saber a minha opinião sobre cada entrega de prêmios, acesse este link – o mesmo divulgado anteriormente. Abraços e até a próxima.

 

  • Melhor Ator Coadjuvante: J.K. Simmons (Whiplash). Outros indicados: Robert Duvall, Ethan Hawke, Edward Norton, Mark Ruffalo.
  • Melhor Figurino: The Grand Budapest Hotel. Outros indicados: Inherent Vice, Into the Woods, Maleficent, Mr. Turner.
  • Melhor Maquiagem e Penteado: The Grand Budapest Hotel. Outros indicados: Foxcatcher, Guardians of the Galaxy.
  • Melhor Curta de Animação: Feast. Outros indicados: The Bigger Picture, The Dam Keeper, Me and My Moulton, A Single Life.
  • Melhor Animação: Big Hero 6. Outros indicados: The Boxtrolls, How to Train Your Dragon 2, Song of the Sea, The Tale of the Princess Kaguya.
  • Melhores Efeitos Visuais: Interstellar. Outros indicados: Dawn of the Planet of the Apes, Captain America: The Winter Soldier, Guardians of the Galaxy, X-Men: Days of Future Past.
  • Melhor Curta Dramático: The Phone Call. Outros indicados: Aya, Boogaloo and Graham, Butter Lamp, Parvaneh.
  • Melhor Curta Documentário: Crisis Hotline: Veterans Press 1. Outros indicados: Joanna, Our Curse, The Reaper, White Earth.
  • Melhor Documentário: CitizenFour. Outros indicados: Finding Vivian Maier, Last Days in Vietnam, The Salt of the Earth, Virunga.
  • Melhor Filme em Língua Estrangeira: Ida. Outros indicados: Leviathan, Mandariinid, Timbuktu, Relatos Salvajes.
  • Melhor Mixagem de Som: Whiplash. Outros indicados: American Sniper, Birdman, Interstellar, Unbroken.
  • Melhor Edição de Som: American Sniper. Outros indicados: Birdman, The Hobbit: The Battle of the Five Armies, Interstellar, Unbroken.
  • Melhor Atriz Coadjuvante: Patricia Arquette (Boyhood). Outras indicadas: Laura Dern, Keira Knightley, Emma Stone, Meryl Streep.
  • Melhor Fotografia: Birdman. Outros indicados: The Grand Hotel Budapest, Ida, Mr. Turner, Unbroken.
  • Melhor Edição: Whiplash. Outros indicados: American Sniper, Boyhood, The Grand Budapest Hotel, The Imitation Game.
  • Melhor Design de Produção: The Grand Budapest Hotel. Outros indicados: The Imitation Game, Interstellar, Into the Woods, Mr. Turner.
  • Melhor Trilha Sonora Original: The Grand Budapest Hotel. Outros indicados: The Imitation Game, Interstellar, Mr. Turner, The Theory of Everything.
  • Melhor Canção Original: Glory (Selma). Outras indicadas: Everything Is Awesome (The Lego Movie), Grateful (Beyound the Lights), I’m Not Gonna Miss You (Glen Campbell… I’ll Be Me), Lost Stars (Begin Again).
  • Melhor Roteiro Adaptado: The Imitation Game. Outros indicados: American Sniper, Inherent Vice, The Theory of Everything, Whiplash.
  • Melhor Roteiro Original: Birdman. Outros indicados: Boyhood, Foxcatcher, The Grand Budapest Hotel, Nightcrawler.
  • Melhor Diretor: Alejandro González Iñarritu (Birdman). Outros indicados: Richard Linklater, Bennett Miller, Wes Anderson, Morten Tyldum.
  • Melhor Atriz: Julianne Moore (Still Alice). Outras indicadas: Marion Cotillard, Felicity Jones, Rosamund Pike, Reese Whiterspoon.
  • Melhor Ator: Eddie Redmayne (The Theory of Everything). Outros indicados: Steve Carell, Bradley Cooper, Benedict Cumberbatch, Michael Keaton.
  • Melhor Filme: Birdman. Outros indicados: American Sniper, Boyhood, The Grand Budapest Hotel, The Imitation Game, Selma, The Theory of Everything, Whiplash.

 

 

 

  1. Marcus
    23 de fevereiro de 2015 às 8:28

    Birdman, que merece ser assistido, embora, não seja o meu favorito do ano, é o grande vencedor do Oscar de 2015, e estou com você, Boyhood é muito mais profundo e deveria ter recebido mais premiações da academia. Ainda que Arquette tenha garantido o dela, acho que Linklater poderia pelo menos ter ficado com melhor direção, ou de forma mais justa, o de melhor filme!
    A Academia mais politica do que nunca, por coincidência ou não, pareceu reforçar o discurso do presidente Obama no plano de imigração que pretende realizar nos EUA, sendo por essa ótica, Alejandro tava com a bandeira na mão, e vi isso de forma positiva.
    Mas, se por aqui o ano começa depois do carnaval, no cinema é depois do Oscar! Espero que 2015 seja muito bom e com filmes marcantes como Boyhood, o argentino Relatos Selvagens, os emocionantes The Imitation Game e Whiplash, bem como, os desprestigiados Gone Girl, Nightcrawler e Selma. E não menos importante, com suas resenhas é óbvio.
    Grande abraço!!

  2. 20 de março de 2015 às 11:38

    O Óscar é sempre igual e nem me espanto das “surpresas”…

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: