Pílulas vermelhas


Bolsa de apostas e um novo espaço

 

A entrega do próximo Oscar se aproxima e as bolsas de apostas estão cada vez mais quentes.

Escrevi um texto sobre isso e o publiquei no blog Sala de Cinema, espaço do Diário Catarinense, jornal do Grupo RBS para o qual trabalho.

Meus bons leitores, continuarei atualizando este blog com as críticas de cinema. E algumas delas vão migrar para o blog de cinema do Diário Catarinense também.

Mas como vocês sabem, nunca tive muito tempo para publicar notas sobre novidades do cinema, além das críticas. Então, a partir de agora, estas pílulas sobre a 7Arte vão ficar apenas concentradas lá, tudo bem?

Eis mais um espaço para vocês me visitarem e comentarem: Sala de Cinema. Bom proveito e obrigada pela companhia de sempre! Inté!

♣______________________________________________♦____________________________________________♥

 

E o Oscar 2012 se avizinha…

Um indicativo de como eu não consegui atualizar esse blog como eu gostaria é que aparecem quase colados, por aqui, os posts sobre o Oscar 2011 e este novo, sobre o Oscar 2012.

O ano passou acelerado e começamos, mais uma vez, a contagem regressiva e o acompanhamento dos filmes que foram relacionados nas listas de pré-candidatos à mais badalada e conhecida premiação do cinema.

Começo hoje a assistir a alguns destes filmes, começando pelas produções credenciadas para concorrer a uma das cinco vagas ao prêmio de Melhor Filme em Língua Estrangeira.

Claro que nesta “contagem regressiva” eu não ficarei restrita apenas aos filmes pré-candidatos ao Oscar. Assistirei a outros interessantes também.

Mas como o assunto começa a ser o próximo Oscar, vale comentar as listas de filmes que estão credenciados a uma das vagas como finalista da premiação no próximo ano divulgadas pela Academia.

No total, 63 países concorrem entre si para conquistar uma das cinco vagas na categoria de Melhor Filme em Língua Estrangeira. O Brasil tenta um espaço com Tropa de Elite 2. Francamente, acho que temos poucas chances.

Depois, 15 filmes disputam espaço entre os finalistas como Melhor Documentário. Como esta lista é menor, não custa citá-la inteira:

  • Battle for Brooklyn
  • Bill Cunningham New York
  • Buck
  • Hell and Back Again
  • If a Tree Falls: A Story of the Earth Liberation Front
  • Jane’s Journey
  • The Loving Story
  • Paradise Lost 3: Purgatory
  • Pina
  • Project Nim
  • Semper Fi: Always Faithful
  • Sing Your Song
  • Undefeated
  • Under Fire: Journalists in Combat
  • We Were Here

Depois, a Academia divulgou 18 filmes como pré-selecionados a concorrer na categoria de Melhor Animação. Vale a pena também citar esta lista:

  • The Adventures of Tintin
  • Alois Nebel
  • Alvin and the Chipmunks: Chipwrecked
  • Arthur Christmas
  • Cars 2
  • A Cat in Paris
  • Chico & Rita
  • Gnomeo & Juliet
  • Happy Feet Two
  • Hoodwinked Too! Hood vs. Evil
  • Kung Fu Panda 2
  • Mars Needs Moms
  • Puss in Boots
  • Rango
  • Rio
  • The Smurfs
  • Winnie the Pooh
  • Wrinkles

Acho interessante acompanhar as indicações e tentar assistir à maioria dos indicados. Afinal, mesmo com todo o seu “jogo de interesses”, o Oscar é um termômetro competente sobre o que a indústria do cinema anda produzindo de interessante.

Agora é a nossa vez de conferir estes filmes e comentá-los por aqui, certo? Ótimos filmes e experiências pra gente, pois.🙂 E inté!

♣______________________________________________♦____________________________________________♥

Batendo a marca dos 300

Quem diria…

Mesmo sem publicar todos os textos que eu gostaria. Muitas vezes não conseguindo tempo para assistir a filmes… mas cheguei hoje, dia 15 de novembro de 2011, até a marca de 300 críticas de filmes publicadas aqui no blog.

Quero agradecer a cada um de vocês, leitores deste blog, pelo incentivo que me deram neste tempo.

Muitos dos recados que vocês publicaram, as suas opiniões, me fizeram continuar.

Comecei com este blog em agosto de 2007, há pouco mais de quatro anos, quando a minha vida estava mais folgada.

Mas estar trabalhando mais e ter menos tempo livre não é desculpa para parar com este espaço.

Então vamos continuar! Conto com vocês para continuarmos falando de cinema.

Da minha parte, tentarei publicar mais textos e encurtar estas ausências nas nossas conversas. Inté breve! E obrigada, mais uma vez.

♣______________________________________________♦____________________________________________♥

Oscar 2011: contagem regressiva

As apostas estão rolando soltas. Alguns filmes começam a despontar como favoritos, outros devem aparecer como “azarões”. Como em todas as edições do Oscar, é claro.

The American, The Social Network, Inception, Black Swan, Biutiful, Miral, True Grit e Hereafter são algumas das apostas do mercado para as diferentes categorias – “artísticas e técnicas” – da premiação.

O mesmo acontece com os filmes que concorrem na categoria de melhor produção estrangeira.

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood faz o mesmo todos os anos – pelo menos na última década: divulga em outubro a lista dos filmes indicados pelos diferentes países que inscrevem suas produções na premiação.

Para o Oscar 2011 foram inscritas produções de 65 países – incluídos os estreantes Etiópia e Groelândia.

Agora, em novembro – mais precisamente ontem – a Academia divulgou a lista dos 15 filmes de animação que estão concorrendo a uma das cinco vagas que realmente definem a disputa. Ainda que, este ano, tudo indique que não haverá concorrência para Toy Story 3.

Nessa contagem regressiva para o Oscar, já comecei a ir atrás de oportunidades para assistir aos filmes que estão na corrida por uma vaga. Os leitores do blog vão acompanhar, por aqui, comentários sobre os principais filmes (incluindo documentários e animações) e curtas.

Desta fase, destaco a entrega, no último sábado, dos Oscar’s honorários. Na foto, da esquerda para a direita, Kevin Brownlow, Francis Ford Coppola e Eli Wallach.

O diretor, roteirista e produtor Kevin Brownlow recebeu o Honorary Award do Oscar 2011. Este inglês de 72 anos é  conhecido por ser uma autoridade a respeito do cinema mudo. Produziu uma série de documentários para o cinema e a TV, com destaque para Buster Keaton: A Hard Act to Follow, D.W. Griffith: Father of Film, Garbo, entre outros.

Francis Ford Coppola, muito mais conhecido do grande público, não precisa de apresentações. O diretor, roteirista e produtor de 71 anos recebeu o Irving G. Thalberg Memorial Award. Mestre da trilogia The Godfather, de Apocalypse Now, Dracula e tantos outros filmes impressionantes, Coppola tem o sério risco de levar este prêmio no mesmo ano em que sua filha, Sofia, pode ser premiada também como diretora. Em março de 2011 veremos…

Finalmente, mas sem dúvida não menos importante, temos Eli Wallach recebendo um Honorary Award. Linda as fotos dele ao lado de outro mestre, Clint Eastwood, nesta mesma premiação. Aos 95 anos, este nova-iorquino tem no currículo 162 produções como ator – isto mesmo, 162! -, incluindo filmes e séries para a TV. Ele ganhou, fora este Oscar, seis prêmios – e foi indicado ainda a outros cinco, incluindo quatro Emmy e um Globo de Ouro. De sua filmografia, destaca-se Baby Doll, do mestre Elia Kazan, de 1956, pelo qual Wallach recebeu um BAFTA. Ganhou um Emmy por seu trabalho em The Poppy Is Also a Flower, de 1966.

Merecidas e oportunas premiações. E agora, é correr atrás dos grandes filmes pré-indicados a esta que é a mais badalada premiação do cinema mundial – e um bom termômetro de bons filmes.

Publicado no dia 16/11/2010 – 11:40.

♣______________________________________________♦____________________________________________♥

Com um olho em Sundance

Falta pouco para o principal evento do cinema independente dos Estados Unidos começar. Como o site Rotten Tomatoes bem lembrou neste texto, foi em Sundance, em 2009, que despontaram filmes como Precious, An Education, Moon e In the Loop.

Enquanto o Globo de Ouro premia os melhores de 2009, nada melhor que colocar pelo menos um olho em Sundance para saber quais serão alguns dos destaques do cinema este ano.

Em 2010 o festival surge com uma lista bem interessante de filmes com os quais devemos ficar atentos. Reproduzo a lista de “promessas” indicada pelo mesmo Rotten Tomatoes:

Buried – dirigido pelo espanhol Rodrigo Cortés e estrelado por Ryan Reynolds, este filme conta a história de Paul, que foi contratado para trabalhar no Iraque e que, em um certo dia, descobre que foi enterrado vivo em um caixão por um grupo de iraquianos. Armado apenas de um isqueiro (ou uma vela, segundo o Rotten Tomatoes), um celular e uma faca, Paul deve correr contra o tempo para se livrar de sua armadilha claustrofóbica. O site compara a tensão do filme com a de Saw e Cube.

The Extra Man – este filme parece atraente especialmente por seu elenco: Paul Dano, Katie Holmes, John C. Reilly e Kevin Kline, só para citar alguns. A comédia dirigida por Shari Springer Berman e Robert Pulcini narra a luta de um escritor (Dano) para sobreviver em Nova York. Em sua nova cidade, ele se apaixona por uma colega de trabalho (Holmes) e tem que lidar com um excêntrico dramaturgo (Kline) que faz as vezes de acompanhante de mulheres ricas de Upper Side. Um dos destaques do filme, tudo indica, é a dobradinha Dano-Kline, que brincam com o jogo do professor e aluno.

Four Lions – dirigido por Christopher Morris (relativamente desconhecido), este filme “satiriza” a questão do terrorismo ao explorar a história de um grupo de britânicos suicidas trapalhões. Autoproclamada como uma “comédia de terror”, esta história tem todos os elementos para causar polêmica – especialmente entre os mais “sensíveis”, aqueles que ainda não esqueceram os efeitos do terrorismo mundo afora. Provavelmente será um dos filmes obrigatórios do ano recém-começado.

Hesher – esse, em especial, estou bem curiosa para assistir. Depois de fazer um trabalho superinteressante no filme (500) Days of Summer, Joseph Gordon-Levitt estrela este drama ao lado de Natalie Portman. Hesher marca a estréia de Spencer Susser nos longas-metragens narrando a história do solitário e esquisitão Hesher (Gordon-Levitt). Fumante inveterado, cheio de tatuagens e com cabelos longos, Hesher é o tipo de sujeito que mora sozinho em um trailer e, nas horas vagas, coloca fogo e explode “coisas”. Mas sua vida muda quando ele conhece o garotinho T.J. (Devin Brochu), que perdeu a mãe recentemente. Natalie Portman interpreta a empregada de um supermercado que acaba se aproximando dos dois. Promete.

Howl – outro que entrou na minha lista de “inevitáveis” para 2010. James Franco estrela este que é considerado um “ambicioso docudrama” sobre Allen Ginsberg e o nascimento da contracultura. O filme é ambientado na San Francisco de 1957, quando uma “obra-prima” da cultura estadunidense é levada a julgamento. Paralela a história do julgamento de Howl, a história explora a vida tumultuada do jovem Ginsberg e o contexto da época. Dirigido por Rob Epstein e Jeffrey Friedman, Howl tem no elenco ainda Mary-Louise Parker, Jeff Daniels, Alessandro Nivola, David Strathairn. Segundo os comentários do Rotten Tomatoes, a presença de personagens como Jack Kerouac e Neal Cassady e a ausência de William S. Burroughs podem denotar que a história fique focada em um período de tempo classificado como “muito magro”.

The Killer Inside Me – outra produção com um elenco bastante interessante: Casey Affleck, Bill Pullman, Elias Koteas, Liam Aiken, Kate Holmes e Jessica Alba, só para citar alguns. Dirigido por Michael Winterbottom, este filme conta a história de um sheriff novato que é desmascarado como um assassino psicótico. O roteiro é inspirado naquele que, segundo o Rotten Tomatoes, talvez seja o romance policial mais conhecido de Jim Thompson. O site destaca a adaptação brilhante do diretor para o West Texas dos anos 1950, a interpretação de Affleck e o elenco que o circunda, especialmente Pullman e Koteas.

Lucky – único documentário destacado pelo Rotten Tomatoes, este filme explora a história e os detalhes da loteria norte-americana, destacando alguns de seus maiores vencedores e perdedores. Dirigido por Jeffrey Blitz, que filmou anteriormente Rocket Science e Spellbound, Lucky parece, segundo seu realizador, com um anti-Spellbound, ou seja, desta vez ele se preocupou em mostrar como algumas pessoas enriqueceram sem, aparentemente, esforço algum.

Splice – na lista tinha que entrar alguma ficção científica. Este é o papel que cabe a Splice, dirigido por Vincenzo Natali e estrelado por Adrien Brody e Sarah Polley (geralmente maravilhosa). Eles interpretam os protagonista Clive e Elsa, dois cientistas “rebeldes” e antiéticos que ignoram os limites legais para fazer experimentos genéticos. A dupla mistura o DNA de humanos e animais com o objetivo de conseguir criar um organismo completamente novo. De seus experimentos nasce Dren, uma criatura que é um híbrido letal entre duas espécies com capacidades ainda desconhecidas. Segundo o Rotten Tomatoes, o filme pode surpreender com um tom “bizarro” e ao mesmo tempo inteligente e psicológico no melhor estilo de David Cronenberg nos anos 1980.

Sympathy for Delicious – estréia do inteligente Mark Ruffalo na direção, este filme conta a história de um DJ de Los Angeles que fica paralítico após um acidente e que, pouco depois, descobre que pode “curar” as pessoas. No elenco desta “comédia de humor negro”, segundo o Rotten Tomatoes, astros como Orlando Bloom, Juliette Lewis, Laura Linney e John Carroll Lynch, além de Christopher Thornton no papel do DJ.

Welcome to the Rileys – outros dos filmes para a lista de “imperdíveis”. A história, aparentemente, é bastante pesada. O casal Doug (James Gandolfini) e Lois (Melissa Leo) vive uma “eterna crise” desde que a filha deles, Emily, foi morta há oito anos. A mulher lida mal com a perda, sentindo-se permanentemente culpada e devastada. Doug enfrenta a realidade mantendo um caso com um garçonete, até que ela também morre e ele fica perdido. (Sentiram o drama, não?). Em uma viagem de negócios ele conhece uma garota de 16 anos que faz strip-tease, Mallory (a badalada Kristen Stewart). Doug oferece dinheiro para que ela fique com ele por um período, sem que eles façam sexo, e depois liga para Lois dizendo que não voltará mais para casa. A mulher, pela primeira nos últimos anos, resolve lutar pelo seu casamento e vai atrás de Doug. Quando encontra o marido com Mallory, ela fica horrizada e, depois, percebe a semelhanda da jovem stripper com Emily. Começa aí uma relação familiar bastante fora do comum. O filme é dirigido por Jake Scott, mais conhecido por ter filmado clipes de R.E.M., Radiohead, Tori Amos, The Smashing Pumpkins e U2.

  • Além desta lista da Rotten Tomatoes, destaco ainda:

The Runaways – aguardadíssima filmagem da história da banda de adolescentes que marcou a história dos Estados Unidos na década de 1970. Com direção e roteiro da italiana Floria Sigismondi, The Runaways se debruça na formação da banda e sua ascensão até a fama. O filme é estrelado por Dakota Fanning, que interpreta a Cherie Currie, e Kristen Stewart, que interpreta a Joan Jett, as duas jovens que lideraram o grupo. O primeiro sucesso da banda, Cherry Bomb, ganhou certa notoriedade nos Estados Unidos, mas esta e outras músicas do grupo estouraram mesmo no Japão, onde as meninas foram recepcionadas como se fossem os Beatles. Cherie, que havia gostado inicialmente da vida de rock star, perde o controle no Japão e deixa a banda no retorno deles aos Estados Unidos. O filme conta estas passagens e como Joan Jett e os demais integrantes do The Runaways prosseguiram seus caminhos.

Obselidia – esse filme me atraiu pela sinopse e pelas fotografias que eu vi e que o transformam em uma produção atraente. Com roteiro e direção da estreante Diane Bell, Obselidia conta a história de um bibliotecário solitário que acredita que o “amor é algo obsoleto” até que ele conhece, em uma viagem pelo Death Valley, a projecionista de cinema Sophie. A partir deste encontro, as convicções do bibliotecário, George, começam a se alterar. Interessante…

Son of Babylon – filme iraquiano dirigido por Mohamed Al Daradji que tem uma história com cara de “prêmios” – se tiver sido bem feito, claro. Ambientado no país logo após a queda de Saddam Hussein, este filme narra a busca de um garoto curdo e de sua avó pelo país atrás do pai do menino (e filho da mulher, claro está). Parece uma história interessante e que deve emocionar.

Publicado: 11/1/2010, 20:05.

♣______________________________________________♦____________________________________________♥

Saw 6 (iria fazer) estréia na Espanha apenas em salas de pornô

saw6-1Eu não pretendia falar tão cedo – ou mesmo depois – de Saw 6, o novo filme da saga do sádico Jigsaw (Tobin Bell). Mas a notícia publicada hoje pelo jornal El País da Espanha é muito boa para ser ignorada.

Pela primeira vez na história daquele país (isso pareceu um discurso do Lula? me desculpem), um filme vai estrear nos cinemas com a classificação X devido a sua forte carga de violência.

Isso significa que a distribuidora Buenavista não poderá exibir o filme nas 300 salas que tem na Espanha. Saw 6 só poderá ser exibido nos cinemas que tem permissão para passar filmes pornô – que geralmente recebem a classificação X. Esses cinemas, em todo o país, chegam a apenas cinco.

O curioso é que a classificação X é dada para produções “de caráter pornográfico ou que realizam apologia da violência”. Até Saw 6, apenas os filmes pornôs tinham recebido esta classificação. Os outros cinco filmes estrelados por Jigsaw tinham recebido a classificação de “não recomendado para menores de 18 anos”.

Pelo que esta classificação indica e pelas informações da produtora Lionsgate, tudo indica que Saw VI será realmente o filme mais violento e sanguinário da série. Tudo indica que ele será indicado só para quem tem estômago forte – ou uma certa quedinha pelo sadismo. Quem assistir, por favor, depois comente por aqui.

Quem achou curiosa esta notícia, pode ler aqui a reportagem original do El País. Ah, e é claro que a Buenavista vai recorrer da decisão do Ministério da Cultura espanhol. Só fico imaginando o susto que o público habituado aos filmes pornôs vai levar ao pagar seu ingresso para assistir o novo Saw. Será uma forma disfarçada do governo espanhol revelar o seu lado mais puritano?😉

Publicado: 21/10/2009, 16:55.

EXTRA – EXTRA (Atualização 23/10, 9:15): A assessoria de imprensa da distribuidora do filme na Espanha informou hoje que eles suspenderam a estréia de Saw VI no país devido a essa classificação do Ministério da Cultura espanhol. A Buena Vista está recorrendo na Justiça à dita classificação e, até que saia uma resolução, o filme não estréia na Espanha. Que rolo, não?

♣______________________________________________♦____________________________________________♥

Estréias para celebrar o Halloween

Os estadunidenses têm uma forte tradição em celebrar o Halloween. Este ano, para a sorte das crianças que buscam doces nas portas de vizinhos, o 31 de outubro cai em um sábado. Mas as estréias nos cinemas motivadas para a data começam esta semana.

A aparentemente incansável grife Saw chega ao seu sexto filme. Mas para quem não tem muita paciência de acompanhar uma nova série de produções ao estilo de Friday the 13th (que sabemos como começa, mas não temos nenhuma idéia de quando ou como termina), há uma outra opção em cena – Cirque du Freak: The Vampire’s Assistant.

2366_FP_CDF4_00003R

Comprovando mais uma vez que os vampiros estão na moda, este filme, que custou o importante montante de US$ 70 milhões, tem um elenco interessante. Para começar, o sempre ótimo John C. Reilly interpreta o personagem do vampiro Larten Crepsley, proprietário do circo ambulante que dá nome ao filme. Larten converte o adolescente Darren (Chris Massoglia) em seu assistente, dando poderes ao garoto de 14 anos que, sem planejar, acaba sendo o pivô da quebra de uma acordo entre duas facções de vampiros.

Além de John C. Reilly, fazem parte do elenco de Cirque du Freak Salma Hayek como Madame Truska (uma mulher barbada); Willem Dafoe como Gavner Purl; Ray Stevenson como Murlaugh, entre outros atores menos conhecidos. O filme é dirigido e tem roteiro de Paul Weitz, o responsável pelo primeiro American Pie e por About a Boy (pelo qual ele foi indicado a um Oscar, por seu roteiro).

A verdade é que gostei bastante das fotos de divulgação de Cirque du Freak, e John C. Reilly sempre promete um bom trabalho. Agora resta saber se o filme traz algo novo, qualidade técnica e uma boa história, ou entrará para a lista de “mais do mesmo”. O roteiro de Weitz e Brian Helgeland é uma adaptação de parte do material que compõe a série de livros assinada por Darren Shan.

De qualquer forma, mesmo que Cirque du Freak não agrade ao público estadunidense, ele terá uma segunda oportunidade com The House of the Devil, com direção e roteiro de Ti West, que estréia no dia 30. A produção tem toda a pinta de releitura de filmes anteriores do gênero, com direito a uma personagem chamada Samantha Hughes servindo de alvo para um ritual satânico. O importante, nesta data, é mesmo ter um (ou, no caso, três) filme(s) assustador(es) para assistir.

Publicado: 20/10/2009, 23:10.

♣______________________________________________♦____________________________________________♥

Finalmente, o texto sobre os festivais

Há vários meses que queria ter escrito este texto sobre os premiados nos distintos festivais e prêmios importantes mundo afora. Mas o tempo foi passando e, agora, praticamente todos eles já terminaram e/ou foram entregues. Exceto, talvez, pelo European Film Awards, que será entregue no dia 6 de dezembro.

Lebanon_(1)O bacana destes festivais e prêmios é que eles nos revelam algumas produções muito interessantes – e que, por motivos óbvios, não chegam até o Oscar ou são badaladas pela imprensa brasileira. É verdade que muitos destes filmes, infelizmente, nem deve chegar ao mercado nacional. Mas sempre há alternativas para conseguir estas produções, seja através da importação dos filmes ou pela divulgação de alguns deles pela internet.

De qualquer forma, o importante de acompanhar estes festivais e prêmios é mesmo ampliar nossos horizontes a respeito do cinema e descobrir novos nomes de diretores, atores, atrizes e escolas de cinema. Selecionei alguns dos eventos mais importantes do calendário mundial, mas se você, meu bom leitor, achar que esqueci de algum festival ou prêmio importante, comente por aqui que eu prometo ir atrás.

Na foto, uma cena do filme Lebanon, premiado no mês passado no Festival de Veneza.

Ah sim, o texto sobre os festivais está neste link. Boa leitura!

Publicado: 19/10/2009, 11:45.

♣______________________________________________♦____________________________________________♥

Poucas atualizações (mas por uma boa razão)

sitecinema

Meus bons leitores, tenho uma ótima novidade para vocês. Hoje à noite estreou o portal de cinema www.cinema.com.br, capitaneado pelo publisher Mario Marques, que tem no currículo Jornal do Brasil e edições recentes da revista SET.

Estou atuando como colaboradora para o portal. Na estréia, publico duas críticas: Bastardos Inglórios, dirigida por Quentin Tarantino, e Che 2 – A Guerrilha, de Steven Soderbergh.

Passem pelo site e dêem uma conferida nas minhas críticas e nos demais textos. A iniciativa é muito bacana, eu recomendo.

Bem, e esta é a razão principal para que eu não tenha atualizado muito o blog nesta semana. Acho que está bem justificado, não é mesmo?😉

Publicado: 9/10/2009, 20:53.

♣______________________________________________♦____________________________________________♥

Nova adaptação de um game – essa pelo jeito será boa!

princeofpersia1Ah, agora sim! Para assistir a essa adaptação de um jogo de computador para o cinema eu estou ansiosa. Foram divulgadas recentemente as primeiras fotos do filme Prince of Persia: The Sands of Time. Esse eu joguei! hehehehehehehehe

O que me chama a atenção neste filme são vários detalhes. O primeiro deles: a Disney como estúdio responsável. Falem bem ou falem mal (mais bem que mal, diga-se) da Disney, mas aí está um estúdio que prima pela qualidade e que, em quase todas as suas produções, não economiza dinheiro para a produção. Isso vai significar qualidade técnica para o filme.

O segundo detalhe é o nome por trás do projeto. Prince of Persia foi dirigido pelo inglês Mike Newell, responsável por filmes como Love in the Time of Cholera e Harry Potter and the Goblet of Fire. Comentei que Prince of Persia foi dirigido por Newell porque, atualmente, o filme está na fase de pós-produção.

E o terceiro e importantíssimo detalhe que faz com que eu tenha vontade de assistir a esse filme é que, encabeçando o elenco está o talentoso e fofíssimo Jake Gyllenhaal. O ator interpreta o Príncipe Dastan que, nesta história, solta acidentalmente as Areias do Tempo (as tais Sands of Time), que acabam destruindo o seu reino e transformando seu povo em zumbis. Isso acontece porque o Príncipe é enganado por Vizier, interpretado por Gísli Örn Garoarsson. Gostei do elenco escalado para a produção: além dos atores já citados, participam do filme Ben Kingsley, como Nizam; Alfred Molina como o Sheik Amar; e Gemma Arterton como Tamina.

Uma boa notícia também é que o filme deve cair como uma luva no gosto dos que curtem bons efeitos especiais e uma fotografia bacana. Digo isso porque a história do jogo prevê que o Príncipe possa controlar o tempo através de uma Adaga mágica. Com isso, ele pode voltar no tempo ou retardar sua passagem – o que garante um efeito de slow-motion nas lutas com seus oponentes (como em The Matrix). Outra lembrança do filme dos irmãos Wachowski será percebida na pele do Príncipe quando ele correr como Trinity pelas paredes. O Príncipe, conta o jogo, ainda salta como uma lebre e tem punhos de aço que permitem que ele possa se fixar em qualquer parede onde houver apoio.

PRINCE OF PERSIA: THE SANDS OF TIMETudo indica que a direção de fotografia, assinada por John Seale, deve ser um dos pontos altos do filme. Prince of Persia foi filmado em diferentes cidades do Marrocos e a parte de estúdio, na Inglaterra.

A produção tem estréia prevista para o final de maio em cinco países, incluindo os Estados Unidos e, no dia 4 de junho de 2010, deve estreiar no Brasil. Já estou na expectativa. E vocês?

Publicado: 18/8/2009, 22:33.

♣______________________________________________♦____________________________________________♥

De olho no Festival de Toronto

Enquanto eu não cumpro a minha promessa de preparar um resumão do que de melhor foi descoberto e premiado nos festivais do primeiro semestre de 2009, destaco alguns filmes que serão destaque no próximo Festival de Toronto.

creation1aO evento, que será promovido entre os dias 10 e 19 de setembro, abre com a estréia mundial do filme Creation. Dirigida por Jon Amiel, a produção conta a história do naturalista Charles Darwin (interpretado por Paul Bettany). Segundo os produtores, Creation reflete sobre a tensão entre a fé e a razão, um tema até hoje tão atual, na medida em que mostra o desafio de Darwin em equilibrar o seu trabalho, com a elaboração da conhecida e revolucionária teoria da evolução das espécies, e sua vida privada, na relação dele com a esposa Emma (Jennifer Connelly), uma religiosa devota.

Além deste filme, vários outros chamam a atenção na agenda do festival – que talvez tenha um dos melhores anos nesta edição. Entre os filmes que vão fazer a sua estréia mundial em Toronto, destaco os seguintes:

leavesofg1Leaves of Grass: comédia estrelada por Edward Norton, Richard Dreyfuss, Susan Sarandon, entre outros. Segundo as notas de produção do filme dirigido e escrito por Tim Blake Nelson, em Leaves of Grass Norton interpreta dois irmãos gêmeos que escolheram caminhos muito diferentes para suas vidas.

Ondine: novo filme do ótimo cineasta Neil Jordan. Estrelado por Colin Farrell, Stephen Rea, Dervla Kirwan e Alicja Bachleda, esta produção conta a história de um marinheiro irlandês que “pesca” uma mulher – que ele acredita ser uma sereia.

Solitary Man: comédia estrelada por Michael Douglas. No filme, o ator vive um magnata do ramo de automóveis que tem sua vida profissional colocada “em risco pela falta de descrição com sua vida profissional”, como define o material de divulgação de Solitary Man. Fazem parte do elenco ainda Susan Sarandon, Mary-Louise Parker e Danny DeVito, com direção de Brian Koppelman e David Levien – roteiristas de The Girlfriend Experience.

Mao’s Last Dancer: novo filme do diretor Bruce Beresford, este drama baseado na autobiografia de Li Cunxin promete emocionar com a história de um jovem que sai de uma cidadezinha no interior da China para se transformar em um respeitadíssimo bailarino. Em sua trajetória, sofrimento, privações, dedicação à arte e uma paixão por uma estadunidense.

brightstar1E mesmo não sendo uma estréia mundial, entra para minha lista de filmes para serem assistidos a produção Bright Star, novo projeto da diretora e roteirista Jane Campion. A produção, bastante elogiada – ela registra, por exemplo, a impressionante nota de 9,1 no IMDb -, narra o romance que durou três anos entre o poeta John Keats e Fanny Brawne. Como protagonistas, Bright Star conta com Ben Whishaw e Abbie Cornish.

Publicado: 21/7/2009, 20:55.

♣______________________________________________♦____________________________________________♥

Um agrado para o blog

O Charles M. Helmich, blogueiro de mão cheia responsável pelo Plano-Sequência, leitor deste blog, aficcionado por cinema e crítico de filmes, me surpreendeu dia destes oferecendo um prêmio para o Crítica (non)sense da 7Arte. Puxa, puxa, Charles, como te disse em um comentário aqui no blog, me sinto muito honrada de receber este prêmio titulado Blog de Ouro. Bacana. Obrigada!

Segundo o Charles, o Blog de Ouro é uma “forma de reconhecer o espaço como um local de informação e compartilhamento de assuntos afins entre blogueiro e visitantes”.

blog-de-ouro

As regras do prêmio são as seguintes:

1 – Exibir a imagem do selo “Blog de Ouro”.

2 – Postar o link do blog que te indicou.

3 – Indicar 4 blogs de sua preferência.

4 – Avisar seus indicados.

5 – Publicar as regras.

6 – Conferir se os blogs indicados repassaram o selo e as regras

Selecionei para estes prêmios blogs que eu acho interessantes e que sigam aquela máxima de serem espaços de “informação e compartilhamento de assuntos afins entre blogueiro e visitantes”. Ou seja, a interação aqui passa a ser fundamental. Outro critério para indicar estes premiados foi o de não indicar blogs que eu já tinha recomendado anteriormente para outros prêmios. Dito isso, meus indicados para o Blog de Ouro, são os seguintes:

1. Cinema & Outras Artes, blog do Maurício Caleiro;

2. Blog de Brinquedo, publicado por Dado Ellis, Nick Ellis e Stella Arruda;

3. Memórias Fracas, blog do Thássius Veloso;

4. Porra, man!, blog do Márcio Melo.

Admito que deu trabalho encontrar blogs interessantes, atualizados e que primam pela interação entre blogueiros e leitores. Mas eis que tive boas surpresas com os blogs citados. Parabéns aos seus autores e sorte com cada um dos sites!

Publicado: 19/7/2009, 16:39.

♣______________________________________________♦____________________________________________♥

E o Oscar muda mais um pouquinho…

[final filename]

2009 foi um dos anos em que o Oscar resolveu mudar. Em relação ao apresentador, a decoração, a maneira com que foram entregues muitos de seus prêmios – com especial destaque para a presença de atores e atrizes oscarizados em edições anteriores fazendo discursos individuais para os indicados este ano.

Mas a próxima edição do Oscar trará ainda mais mudanças. A primeira delas, divulgada hoje, com bastante antecedência, vai afetar diretamente as bolsas de apostas mundo afora.

Em lugar dos tradicionais cinco indicados para a categoria de Melhor Filme do ano, teremos 10 produções indicadas. Que beleza!

Vai ser um tal de agradar a gregos e troianos que há muito tempo não se via. O que resta saber é se 10 indicações no lugar de cinco não vai deixar a festa de entrega das estatuetas longa demais – afinal, os indicados, normalmente, são citados mais do que uma vez durante o Oscar.

Agora, um ponto positivo desta mudança é que ela deve evitar algumas “injustiças”, como deixar de fora da lista de indicados filmes importantes – este ano foram ignorados para o prêmio principal Gran Torino, The Dark Knight, entre outros.

Consultando meu livro sobre os primeiros 70 anos do Oscar, confirmei que a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood mudou muitas vezes esse seu critério do número de indicados à categoria de Melhor Filme.

Nas quatro primeiras edições do Oscar, de 1927 até 1931, valia a regra vigente nestes últimos anos. Ou seja, eram indicados cinco filmes para a categoria principal do Oscar.

Em 1931/1932, o número de indicados para Melhor Filme subiu para oito. Na edição seguinte da premiação, em 1932/1933, esse número chegou a marca de 10 – número que será repetido agora.

Mas a variação de indicados não terminou por ali. Em 1934 e 1935, os indicados a Melhor Filme chegaram a 12. Entre 1936 e 1943, este número baixou novamente para 10. A partir de 1944, ou seja, durante 65 anos, a Academia resolveu indicar apenas cinco produções a cada ano.

Veremos o que vai acontecer com mais esta mudança. Quem sabe, com um pouco de sorte, não vemos algumas mudanças interessantes entre os indicados? Como, por exemplo, uma animação concorrendo a melhor filme ou, quem sabe, até uma produção em língua estrangeira? Não duvido. A moda em Hollywood, agora mais do que antes, é a reciclagem.😉

cavalcade1

E por curiosidade: o primeiro filme a vencer nove concorrentes na disputa por um Oscar foi o esquecido Cavalcade (Cavalgada), dirigido por Frank Lloyd, e premiado na noite de 16 de março de 1934. O último a conseguir esse feito foi o clássico divino Casablanca, dirigido por Michael Curtiz e premiado no dia 2 de março de 1944.

Outros que conseguiram vencer um número tão grande de concorrentes: It Happened One Night e Mutiny on the Bounty – que venceram 11 produções na disputa; The Great Ziegfeld; The Life of Émile Zola; You Can’t Take It With You; Gone With The Wind (que está completando nada menos que 70 anos em 2009); Rebecca; How Green Was My Valley; e Mrs. Miniver.

Publicado: 24/06/2009, 18:48.

ATUALIZAÇÃO (01/07): Na semana passada a Academia divulgou outras duas novidades (as quais eu divulguei antes através da minha conta do Twitter):

1) Os prêmios honorários do Oscar vão ser entregues, a partir de agora, em um evento especial, em separado. Assim, os prêmios Irving G. Thalberg Memorial, o Jean Hersholt Humanitarian e o “Honorary Award” serão anunciados em setembro e entregues, em um jantar especial, em novembro, para aproximadamente 500 convidados;

2) Para que o prêmio de Melhor Canção seja entregue nas próximas edições do Oscar, pelo menos uma das concorrentes deve atingir a nota mínima de 8,25 na avaliação dos votantes desta categoria. Se apenas uma canção conseguir esta pontuação, ela e a próxima melhor cotada serão indicadas para o prêmio. Se mais de duas canções conseguirem a nota mínima, serão indicadas as composições com maior nota até o máximo de cinco indicações. Mas se nenhuma canção conseguir a nota mínima, o prêmio não será entregue naquele ano. Acredito que esta alteração procura justificar melhor a decisão de indicar, por exemplo, apenas três canções no último Oscar – quando estávamos acostumados a cinco indicados a cada ano.

♣______________________________________________♦____________________________________________♥


Tornatore e a Itália profunda

Giuseppe Tornatore, um dos grandes diretores italianos da segunda metade do século 20, promete emocionar muita gente com mais uma de suas histórias da Itália “profunda”, ou seja, com mais um filme que resgata tradições e costumes que marcam o povo italiano.

baaria2

Depois de ter emocionadomeio mundo – ou mais – com o (já) clássico Cinema Paradiso, de 1988, agora Tornatore bebe de sua fonte autobiográfica para narrar uma história que se passa em sua terra natal, a Sicília, através da vida de três gerações de uma mesma família.

O filme se chama Baaria – La Porta del Vento. Ele vai abrir o Festival de Veneza, programado entre os dias 2 e 12 de setembro. A boa notícia é que esta superprodução italiana, que teria custado 20 milhões de euros (aproximadamente US$ 30 milhões), já tem lançamento no Brasil garantido pela Paris Filmes.

Neste link (ou no vídeo colocado diretamente logo abaixo) é possível assistir a uma matéria – em italiano – sobre o filme. Entre as curiosidades da produção, está a construção de um set maior do que aquele utilizado em Gangs of New York em um local distante apenas 20 quilômetros da Tunísia; e o fato de que o filme envolveu uma equipe de cerca de 230 pessoas – entre atores, equipe técnica e figurantes.

Estrelado por Francesco Scianna, Margareth Madè, Raoul Bova, Laura Chiatti, entre outros, incluindo Monica Bellucci. O material de divulgação desta produção comenta que ela é, essencialmente, uma comédia, mas o fato de contar a história de uma família da cidade de Bagheria por três gerações, o que significa percorrer um século da história italiana – incluindo as guerras mundiais e os sistemas políticos, do fascismo até o comunismo, a democracia cristã e o socialismo -, deve significar que este filme deve ter uma boa dose de emoções fortes. Drama, bem italiano.

baaria5O filme promete. Vindo de Tornatore, deve ser interessante. Além do mais, sempre vale a pena se “aprofundar” nos costumes e sentimentos de outros povos.

E falando em festivais… logo que terminar junho, vou finalmente publicar aqui no blog uma matéria especial com o saldo dos festivais de cinema do primeiro semestre. Logo mais…

Publicado: 18/6/2009, 8:15.

♣______________________________________________♦____________________________________________♥

Pequena celebração

Hoje, dia 16 de junho de 2009, tenho um motivo para celebrar: este humilde blog, que começou como um “desafogo” do meu gosto por escrever sobre cinema, ultrapassou a marca de 150 mil visitas.

Essa marca, tão facilmente superada por outros blogs e sites, para mim é uma conquista. Afinal, o “Crítica (non)sense da 7Arte” é um blog todo “errado” (leia-se ao contrário do que é estabelecido pelo senso comum). Começando pelo nome, considerado gigantesco. Seguindo pelo tamanho dos textos, as imagens que demoram para abrir… a falta de patrocínio, de apoio, enfim…

Por tudo isso, agradeço IMENSAMENTE a vocês que volta e meia passam por aqui. Aos que comentam, aos que silenciam, aos que voltam sempre, aos que vieram apenas uma vez e nunca mais voltaram. Obrigada a todos. Cada visita, cada comentário, cada dica de filmes me incentiva a continuar.

E para comemorar este marco das 150 mil visitas, lhes conto uma novidade: agora este blog pode ser acessado através de outros dois endereços:

http://www.criticanonsense.com/

http://movienonsense.com/

Em breve devo ter também um link terminado em .com.br

Espero que estes endereços “simplificados” ajudem alguns de vocês a indicarem este blog – se vocês acharem que ele merece, é claro.😉

Nos vemos!

Ass.: Alessandra.

Publicado: 25/5/2009, 9:31.

ATUALIZAÇÃO (16/08): Além dos endereços divulgados anteriormente, quero dizer que tenho ainda novo site que direciona aqui para o blog – moviesense.com.br/

♣______________________________________________♦____________________________________________♥

Cursos sobre cinema

Vamos fazer uma pausa para os comerciais… que não são meus.😉

Recebi por e-mail duas dicas que achei interessantes por parte da Escola de Cinema de Cinema de São Paulo.

Francamente, não sei nada sobre a qualidade dos cursos deles – nunca assisti a algum oferecido pela escola -, mas achei interessante as temáticas e o conteúdo do que divulgaram para junho e julho. Achei uma boa dica para os leitores que vivem ou que podem se deslocar para São Paulo.

O primeiro curso, que vai de 10 de junho até 1 de julho, é intitulado “Cinema: A história que ninguém viu“. Conforme a Escola de Cinema, em quatro encontros os participantes serão apresentados às “principais modificações da linguagem cinematográfica” desde os irmãos Lumière e até The Dark Knight. Para mostrar como as diferentes áreas do cinema mudaram com o tempo, serão “dissecados” clássicos e superproduções. O curso custa R$ 300 e será promovido na Coletivo Galeria.

O segundo curso oferecido pela Escola de Cinema se chama “Documentário: tudo que você precisa saber para fazer um“. Como o título mesmo sugere, este curso tem um caráter muito mais prático do que o anterior, que é basicamente teórico. Segundo o e-mail que recebi, o curso de documentário vai apresentar “técnicas e dicas práticas para a produção” de um filme do gênero ao mesmo tempo em que se “vivencia a realização de um”. Ou seja: além de aprender como fazer, os alunos vão participar da produção de um documentário “interno”. As aulas serão promovidas de 6 de junho a 4 de julho na Coletivo Galeria e custam R$ 300.

Se alguém participar dos cursos, comente depois por aqui como foi tudo. Mais informações no site da Escola de Cinema.

Publicado: 25/5/2009, 9:31.

♣______________________________________________♦____________________________________________♥

Nova enquete

Como maio está quase terminando, resolvi mudar a enquete principal do blog.

A anterior, que perguntava sobre os filmes mais esperados desta última temporada – inspirada em Cannes e no Festival Tribeca – ainda está valendo. Mas ela será encerrada no final deste mês. Para votar, basta ir na página das enquetes que eu tenho no Polldaddy (falei disso anteriormente ali embaixo).

Agora quero saber o que vocês levam mais em conta quando escolhem um filme para assistir. Ou, pelo menos, aquele caráter do filme que mais chama a atenção de vocês.

Votem, participem! Gosto de saber o que vocês pensam…😉

Publicado: 25/5/2009, 9:17.

♣______________________________________________♦____________________________________________♥

Os premiados no Festival de Cannes de 2009

O festival de Cannes terminou agora à tarde e divulgou uma lista de premiados um tanto curiosa – nem todos os apostadores acertaram no alvo. Talvez a maior surpresa tenha ficado para diretor e, na visão de muitos que “detonaram” o filme de Lars von Trier, no prêmio para melhor atriz.

Produzi um texto com algumas informações ligeiras e algumas fotos dos filmes premiados. Clique aqui para ler o texto completo.

Palma de Ouro: Das Weisse Band

dasweisseband1
Publicado: 24/5/2009, 18:07.

♣______________________________________________♦____________________________________________♥

Cannes e um gesto de moralismo estranho

Logo mais, neste domingão, termina o Festival de Cannes. Bons filmes estrearam este ano por ali – dentro ou fora de competições.

Em breve, vou produzir um texto sobre os premiados deste e de outros festivais neste primeiro semestre de 2009 – além de destacar o que nos espera de lançamentos neste cenário até junho.

Mas algo que devo comentar antes… a minha surpresa por um inédito “antiprêmio” dado ontem pelo Júri Ecumênico do Festival de Cannes.

Depois de premiarem o filme Looking for Eric – um dos filmes mais aguardados do festival -, dirigido pelo veterano Ken Loach, e de dedicarem uma “menção especial” para a produção Das Weisse Band, do alemão Michael Haneke, os jurados “contra-indicaram” o filme Antichrist, de Lars von Trier.

antichrist2

Pois sim… O presidente do júri, o diretor romeno Radu Mihaileanu, leu uma declaração justificando o “antiprêmio”, afirmando que Antichrist seria o “filme mais misógino do maior cineasta do mundo” porque sugere que a mulher precisa ser queimada em uma fogueira para que o homem finalmente possa se erguer.

Certo que o júri não tenha gostado do filme. Mas ainda que ele seja horrível, que seja um verdadeiro lixo cinematográfico – o que eu duvido, se tratando de Lars von Trier -, não vejo propósito em um festival “contra-indicar” uma produção artística. Afinal, até em Cannes vão começar uma caça às bruxas?

Achei ridículo. Despropositado. Se a moda pega… Já imaginaram os festivais por aí premiando os melhores e citando os piores?

O delegado-geral do festival, Thierry Frémaux, também não gostou desta “iniciativa” do Júri Ecumênico. Ele considerou ridícula a decisão do “antiprêmio” e disse que a iniciativa cheira a “censura“. Melhor dito, impossível.

Nada contra a Igreja e afins (bom, na verdade algo contra até eu tenho), mas bem que a palavra “ecumênico” do júri me cheirava mal… Espero que a Inquisição não volte depois desta.

Publicado: 24/5/2009, 13:25.

♣______________________________________________♦____________________________________________♥

As estrelas desfilam em Cannes

Há um mês eu planejo escrever um texto sobre os destaques dos festivais de cinema que já foram promovidos em 2009 ou que devem rolar dentro de pouco.

Resumindo: os melhores filmes descobertos pelos festivais mundo afora neste primeiro semestre.

Mas demorei tanto para escrever o texto que, agora, vou esperar para ver os premiados no Festival de Cannes, que termina amanhã.

Enquanto isso, resolvi aproveitar um material fotográfico que disponibilizaram para mim – e vários da imprensa – ontem.

Nesta página do blog, intitulada As Estrelas Desfilam em Cannes, mostro algumas das mulheres mais bonitas – e talentosas – que passaram pela Riviera francesa neste último festival. Sei que vários nomes ficaram de fora, mas é que de outras atrizes – e atores – não recebi nenhum material. Então… espero que vocês apreciem este que lhes ofereço.😉

Agora vou continuar escutando a Carla Bruni, em homenagem à França e ao festival de cinema daquele país. À bientôt!
Publicado: 23/5/2009, 20:15.

♣______________________________________________♦____________________________________________♥

Mudanças no blog

Acho que todos que já passaram por este blog antes desta semana notaram a diferença.

Mudança de visual.

Espero, sinceramente, que vocês tenham gostado. Pessoalmente, volta e meia, preciso dar uma “mudada” na cara do blog. Para não enjoar.

Só queria ressaltar que algo importante mudou de lugar com o novo desenho das páginas: o local para vocês fazerem comentários.

Para quem não está encontrando o link para isto, saliento que ele está justo abaixo dos títulos dos filmes, logo depois das palavras-chave que classificam cada texto (antes do pôster correspondente). Ok? Continuem comentando.

Posso até demorar um pouco para responder, mas vocês sabem que eu respondo.😉

Publicado: 23/5/2009, 19:55.

♣______________________________________________♦____________________________________________♥


Nova enquete

Depois de quebrar a cabeça um pouquinho com o formato da nova enquete, publiquei ela aqui no blog. Selecionei alguns dos principais títulos que estão sendo destaque no Tribeca Festival, em Nova York, e que ganharão os holofotes – e críticas positivas e negativas – logo mais, em maio, no Festival de Cannes.

Estes dois festivais, aliás, devem render em breve um texto aqui no PV.

Espero que vocês se animem para votar.

Também quero lembrar que a enquete anterior, sobre os atores mais cotados em Hollywood, ainda está no ar. Ela pode ser acessada clicando na opção “Comments”, no final da enquete. Na nova página que se abrir, clicando na opção “View all polls by this user”, abaixo da minha foto, você poderá acessar as demais enquetes publicadas aqui no blog.

Publicado: 30/4/2009, 14:58.

♣______________________________________________♦____________________________________________♥

O Brasil na fita (mas de que jeito??)

theexpendables11Admito que eu não pretendia escrever texto algum sobre a produção de The Expendables (conhecida também como Os Mercenários), novo filme estrelado e dirigido por Sylvester Stallone e que está sendo filmada no Rio de Janeiro.

Mas também admito que não vou poder evitar… segundo a assessoria de imprensa da California Filmes, que irá distribuir o filme no Brasil em 2010, a produção do longa entrou, nesta segunda-feira (dia 20) na fase de finalização das filmagens no Brasil.

Ainda conforme a nota divulgada para a imprensa, de hoje até sexta-feira serão feitas filmagens noturnas no Rio. Só fico imaginando a muvuca e o aparato de policiais e seguranças particulares que vai rolar na cidade nestes dias…

Agora, a grande questão, para mim, é de como o Brasil será mostrado, desta vez, para os “ianques”. Será de forma catastrófica, como normalmente acontece com as produções made in Hollywood, ou Stallone vai melhorar um pouquinho a nossa “onda” lá fora. Tudo indica, até agora, que não.

Continue lendo o texto neste link.

Publicado: 20/4/2009, 23:40.

♣______________________________________________♦____________________________________________♥

Lars von Trier… esse sim!!

antichrist1Falando em filmes para nos animar… ontem dei uma olhada no trailer (que recomendo) do novo filme do dinamarquês Lars von Trier… esse sim, deu vontade de assistir.

Inicialmente, quando entrei no site oficial do filme, pensei: “Nossa, agora sim ele vai nos mostrar uma história de orgia selvagem”… hehehehehehehe. Mas foi apenas uma falsa ilusão provocada pela imagem que abre o site.

O trailer revela, na verdade, um instigante roteiro de suspense psicológico, sobre um casal que resolve se mudar para o “Eden“, ou seja, “uma cabana isolada na floresta, onde eles têm a esperança de reparar seus corações partidos e seu problemático casamento. Mas a natureza toma o seu rumo e as coisas começam a ir de mal a pior…”  – conforme o resumo dos produtores.

O vídeo que podemos ver no site, na verdade, mostra um casal enredado em um drama psicológico bastante intricado, no qual parece ser difícil perceber o limite entre a realidade e a fantasia.

Com o sugestivo nome de Antichrist (isso mesmo, Anticristo), o novo filme de Lars von Trier promete – eu, pelo menos, estou louca para vê-lo.

Estrelado por Willem Dafoe e Charlotte Gainsbourg, este drama de “horror” está previsto para estrear na Dinamarca e em outros dois países europeus no dia 29 de maio. Mas antes, também no próximo mês, ele estréia no Festival de Cannes. Acredito que ele vai dar o que falar no festival francês – que este ano está cheio de grandes estréias.

Publicado: 17/4/2009, 11:10.

♣______________________________________________♦____________________________________________♥

Você se anima?

angelsdemons1terminators1A Cinnamon está chamando jornalistas para uma pré-estréia do filme Angels & Demons oito dias antes do filme estreiar oficialmente no Brasil. A nova “aventura” de Robert Langdon estréia em terra brasilis dia 15 de maio.

Algo é certo: o pôster do novo filme é melhor do que o anterior.

Também é certo que a bilheteria da nova produção deve repetir a marca da anterior – ou pelo menos chegar perto dos US$ 217,5 milhões que The Da Vinci Code fez nos Estados Unidos.

Algo que vai ajudar o filme nos States é que não existe nenhuma grande estréia para concorrer com ele no dia 15 de maio. Por outro lado, na semana seguinte… estréia Terminator Salvation. Este sim, deve arrasar nas bilheterias – e, francamente, me dá mais vontade de ir ao cinema que o anterior.

Ainda assim, meus bons leitores, não sei quanto a vocês, mas eu não me animo a ver logo a este filme não… (mesmo com Ron Howard na direção, afinal, ele dirigiu o filme anterior também). Afinal, ninguém merece aquele cabelinho do Tom Hanks!

Publicado: 16/4/2009, 23:53.

♣______________________________________________♦____________________________________________♥

Fim dos problemas

“Os seus problemas acabaram…”. Agora sim, minha gente… com acesso a banda larga novamente, vou colocando a vida deste blog em dia. Atualizei os trailers dos últimos filmes e, logo mais, atualizo a seção de fotos. Depois, pouco a pouco, vou colocando os comentários em dia também.

Em breve pretendo retomar também as matérias “especiais”, ou seja, os textos de dicas e observações que fogem da boa e velha crítica pura e dura dos filmes.

Um abraço a todos e obrigada pela paciência.

Publicado: 27/3/2009, 16:05.

♣______________________________________________♦____________________________________________♥

Problemas na atualização do blog

Oi gente!!

Antes de mais nada, venho para me desculpar… ando atualizando pouco o blog, e deixando vocês na mão no que diz respeito a parte da “interatividade“. Ou seja: tanto no que se refere às respostas das mensagens de vocês quanto na publicação de links, vídeos e fotos.

A razão disto é a de sempre: estou sem uma internet banda larga em casa. Mas pretendo resolver logo o problema. Desisti da internet “móvil” que eu estava adotando por aqui – ando circulando entre duas cidades; na outra eu tenho banda larga – e resolvi solicitar banda larga mesmo.

Ainda vai demorar um tempinho para que ela seja liberada, mas logo que isso acontecer, prometo colocar o blog em dia, ok?

Mil desculpas novamente por isto, meus bons leitores, mas conto com a compreensão de vocês.

Beijos e até logo mais…

Publicado: 23/3/2009, 12:25.

♣______________________________________________♦____________________________________________♥

Prêmios para o blog

Antes de mais nada, mil desculpas por demorar tanto em atualizar o blog. Mas andei em semanas movimentadas…

Especialmente devo desculpas para a Naíza, do blog O Gigolô das Palavras, que teve a bondade e a gentileza de me dedicar o selo “Olha que Blog Maneiro”… isso foi em fevereiro, gente! E eu só estou conseguindo comentar isto por aqui agora. Também admito que ando bem longe da blogosfera, sem navegar por aí por “prazer” – apenas a trabalho – e que, por isso, precisei de pelo menos umas horas para andar buscando blogs interessantes para indicar. E todos novos, de pessoas que eu não conheço – até porque os amigos que eu queria indicar já foram indicados a outros prêmios e/ou andam sem atualizar os seus blogs.

selo-blogmaneiro

Mas vamos deixar de discurso e vamos falar do selo este… As regras para indicar alguém são as seguintes:

1. Exiba a imagem do selo “Olha Que Maneiro!” que você acabou de ganhar.
2. Poste o link do blog que te indicou.
3. Indique 10 blogs de sua preferência.
4. Avise seus indicados (não esquecer).
5. Publique todas essas regras.
6. Confira se os blogs indicados repassaram o selo e as regras.
7. Envie sua foto ou de um amigo para olhaquemaneiro@gmail.com junto com o link dos 10 blogs indicados para verificação. Caso os blogs tenham passado o selo e essas regras corretamente, dentro de alguns dias você receberá uma caricatura em P&B.

Meus 10 indicados para este prêmio são (tentei colocar na lista alguns blogs que comentam sobre filmes):

1. O Filme do Livro, do Fernando Miranda

2. Plano-Sequência [A Análise do Cinema Num Só Take], do Charles M. Helmich

3. FilmStudio, do Will

4. Cinema é Magia, do Tommy Beresford e de naomi

5. Cinefilando – Impressões de um Pseudo Cinéfilo, do Leandro Carvalho

6. Blog do Mangabeira, do Mangabeira

7. Blog do Vinícius, do Vinícius Pereira

8. Pensotopia, de uma equipe de sete blogueiros

9. Mundo de K, de Kovacs

10. Cinematoca, do Rafael Ferraz

Além do “Olha que Blog Maneiro”, tiver o prazerzaço de ser indicada pela Bianca para o “Prêmio Dardo”. Devo também pedir desculpas pela demora em comentar isto aqui e em indicar outros participantes – se bem que, desta vez, demorei menos de um mês para fazer isso.🙂

A indicação, como eu ia dizendo, veio da Bianca, do ótimo Buraco da Fechadura. O Prêmio Dardo, vale citar, “reconhece os valores que cada blogueiro mostra a cada dia, seu empenho por transmitir valores culturais, éticos, literários, pessoais, etc. Em suma, demonstram sua criatividade através do pensamento vivo que está e permanece intacto entre suas letras, suas palavras”.

selo-dardo

As regras deste prêmio são as seguintes:

1) exibir a imagem do selo no blog

2) linkar o blog  pelo qual você recebeu a indicação

3) escolher outros 5 blogs para entregar o prêmio

4) avisar os escolhidos.

Meus indicados para este prêmio são:

1. Pequeno Inventário de Impropriedades, do Max Reinert

2. Palavras Insurgentes, da Elaine Tavares

3. Todos os Fogos O Fogo, do Mauricio Santoro

4. O biscoito fino e a massa, do Idelber

5. Idéias Mutantes, de um grupo de cinco blogueiros

E é isso, minha gente. Obrigadíssimo a Maíza e a Bianca pelas indicações e desculpe ao pessoal que tem blogs bacanas por aí e que eu não indiquei – juro que por falta de conhecimento. Aliás, quem quiser indicar seus blogs, seja por aqui ou em outra página do blog, sinta-se à vontade. Também queria agradecer aos blogs que eu escolhi, porque eles são realmente interessantes.😉

Até mais…

[Publicado em 13/03/2009, 11:30]

♣______________________________________________♦____________________________________________♥

Uma boa nova: finalmente consegui colocar em dia o meu banco de dados de fotos dos filmes que vou comentando aqui no blog. Ufa!!! Para quem não sabe ou ainda não viu, estas fotos estão acessíveis no link para a minha conta no Flickr.

É que voltei a ter internet realmente banda larga por alguns dias e consegui fazer isso. Hoje quero ver se publico um texto novo por aqui, de um filme que assisti ontem. A idéia era escrever três textos por semana, mas veremos…

Peço a vocês, meus bons leitores deste blog, a participarem da enquete desta temporada. Estou achando interessante a votação até agora. E respondendo para quem disse que faltou na lista o Sean Penn… também acho, mas infelizmente esta lista é do mercado, ou seja, foi divulgada pela revista Forbes mediante entrevista com pessoas de Hollywood – como comento na “matéria” abaixo. Certamente falta muita gente na tal lista…

Um grande abraços em todos(as) e cada um(a) e até logo mais.

Publicado: 6/3/2009, 8:28.

♣______________________________________________♦____________________________________________♥

Quem são os atores mais badalados de Hollywood?

Afinal, o que vale mais: ser um ator sinônimo de lucro para os estúdios ou ter na sala de casa estantes cheias de prêmios? Ou, em outras palavras – que significam o mesmo: ter mais carisma com o público ou ser reconhecido por festivais, associações de críticos e pelo meio como um dos mais talentosos em sua profissão? Ser badalado ou “ter poder” em Hollywood significa conseguir melhores papéis, ser disputado por diretores e roteiristas. E isso nem sempre se consegue com prêmios – aliás, muitas vezes uma coisa não leva a outra. Já a capacidade de fazer um filme dar certo… o dinheiro faz o mundo (e Hollywood) girar.

A cada ano a “casta” de atores hollywoodianos se engalfinha para ver quem é o novo “queridinho” da vez – prova disso é o esforço de Tom Cruise em fazer o seu Valkyrie dar certo. Para alguns, a grande luta anual é a de conseguir se manter entre os “melhores” (pelo menos na visão de lucro para os estúdios), o que normalmente lhes leva a ter, claro, melhores salários e, tão importante quanto, lhes permite colocar “projetos em andamento”.

A revista financeira Forbes divulgou, há duas semanas, uma importante lista com os astros mais relevantes na indústria do cinema dos Estados Unidos. Para compilar sua lista, a revista entrevistou 150 profissionais da indústria do entretenimento, incluindo produtores e diretores, que avaliaram os astros segundo “sua capacidade de atrair financiamento para projetos, seu sucesso de bilheteria, o quando eles conseguem atrair setores diferentes do público”, entre outros fatores.

Leia neste link, em uma matéria especial produzida para o blog, quem são os atores e atrizes melhor cotados atualmente em Hollywood – e que provavelmente terão ainda, por seu carisma e apelo com o público, oportunidades de primeira linha para continuarem dando certo (caso não entrem em projetos furadas continuamente ou dêem uma de Mickey Rourke).

♣______________________________________________♦____________________________________________♥

Queria deixar registrado que estou tendo dificuldades em atualizar o meu banco de fotos dos filmes que eu vou comentando por aqui – e que está disponível no Flickr que tenho linkado no blog.

É que na cidade onde eu estou com internet banda larga “móvel” o serviço está funcionando mal nestes dias… prometo atualizar as fotos, no máximo, para a próxima semana.

Agradeço a compreensão de vocês. Inté!

Postado em: 23/2/2009, 18:29.

♣______________________________________________♦____________________________________________♥

Obrigada a todos que votaram na enquete aqui do blog. Hoje, horas antes de sairem os premiados do Oscar, vocês definiram que filmes verei nas próximas semanas.

Ganhou com um bocado de vantagem o cinema alemão. Pois hoje comecei a maratona de assistir aos filmes da Alemanha – só não vou contar que filme eu assisti, é segredo.😉 Por pouco tempo, porque pretendo escrever amanhã o texto dele.

Meu desafio é assistir pelo menos um filme da Alemanha por semana… a idéia era assistir também aos filmes que estão há tempos para serem assistidos, indicados por leitores deste blog. E também tenho que ver outros filmes que estão na manga, né? Então meu compromisso é escrever pelo menos três textos por semana… vamos ver se dá certo.

Logo mais pensarei em outra enquete… ah, e gostaria de saber das seis pessoas que votaram em “outras opções” para a enquete comentassem de que país vocês queriam sugerir filmes… pode ser? Mandem por mensagens no blog mesmo.

Um abraço povo!!! E até o próximo comentário.

Postado em: 22/2/2009, 21:49.

♣______________________________________________♦____________________________________________♥

Como nos jornais com uma tiragem especial, neste espaço estarei sempre comentando algo excepcional, seja importante ou sem importância alguma.😉

Para começar, queria chamar a atenção dos queridos leitores deste blog para a enquete sobre a nacionalidade dos próximos filmes que eu devo comentar por aqui. Ela está nos últimos dias de votação. Por isso conclamo a todos os que ainda não votaram a exercer o seu direito ao voto.

Até logo mais!

♣______________________________________________♦____________________________________________♥

Textos emigrados

Os textos publicados nesta seção começaram a ser produzidos depois que este blog foi criado. Por isso achei interessante começar a divulgá-los por aqui também – afinal, vejo como uma continuação e até um pouco como o resultado do que faço neste blog.

Os primeiros textos foram publicados no site DVD Magazine. O convite para escrever na seção Em Foco daquele site e para divulgar textos sobre filmes ali começaram depois que o editor daquele site conheceu este blog. A parceria com dito site começou em março de 2008 e se extendeu até fevereiro de 2009.

Assim como todos os textos deste blog, os artigos produzidos para a DVD Magazine e para outras publicações que eu divulgar aqui devem, para entendê-los melhor, serem contextualizados. Em outras palavras: é preciso levar em conta a data em que eles foram produzidos e publicados para saber porque determinada informação está presente ou não. Sempre que possível acrescentarei atualizações e comentários datados e posteriores, como faço com as críticas dos filmes.

Boa leitura! E, nem preciso falar, comentários são mais que bem-vindos.

Todos os textos:

I. Blogs de diretores

II. Filmes de 2008 (parte 1)

III. Filmes de 2008 (parte II)

IV. Festivais europeus

V. Cinema no Brasil e na Espanha

VI. Greves em Hollywood

VII. Filmes políticos e as eleições

VIII. Os filmes estrangeiros na disputa pelo Oscar 2009

IX. A retirada de Clint Eastwood (ainda que parcial)

X. Retrospectiva 2008: sucessos e fracassos do ano

XI. Os filmes que os estúdios querem que você veja em 2009 (ou os filmes mais esperados do ano)

XII. Depois de chegar ao poder, a esquerda latina estréia nos cinemas

XIII. Os novos projetos dos melhores diretores brasileiros

  1. 14 de março de 2009 às 12:58

    Opa!!!
    Muito obrigado pela indicação!

    Sim, eu tenho tentado manter o blog atualizado… mas a correria tá grande. Muito trabaaaaalho!

    De qualquer forma, escrevo quando a necesssssidade impera….

    abraços…

  2. 14 de março de 2009 às 20:31

    Alessandra, muito obrigado pelo prêmio e indicação, mas o melhor prêmio mesmo foi ficar conhecendo o seu blog e as suas resenhas detalhadas sobre cinema. Vou passar a acompanhá-la de perto!

  3. 15 de março de 2009 às 0:06

    Oi Max!!

    Quéisso rapaz! Obrigada você pelos teus textos. Admito que fazia um bom tempinho que não visitava o teu blog, mas sempre que vou lá, tem um bocado de textos bacanas para ler. Eu só podia te indicar…

    E segue firme e forte! Trabalho é fundamental, mas bloguear também.😉

    Um abração!! E volte mais vezes por aqui!

  4. 15 de março de 2009 às 0:08

    Oi Alexandre!!

    Prazersaço meu em encontrar o teu blog e em receber uma visita sua por aqui. Espero mesmo que apareças muitas vezes ainda – inclusive para falar de filmes que assististe.😉

    Achei isso de ganhar prêmios e “ter” que indicar outros blogueiros genial, porque daí parei um pouco de trabalhar com minha tese, de ver filmes e escrever sobre eles e me obriguei a buscar blogs interessantes por aí… foi quando encontrei o teu, ao qual pretendo acompanhar com certa frequencia.

    Um grande abraço e até a próxima (e parabéns por teu trabalho).

  5. Daniel R
    15 de março de 2009 às 5:47

    Olá, Alessandra!

    Apesar de já termos passado o “Blog Maneiro” pra frente (http://pensotopia.wordpress.com/2009/01/29/olha-que-blog-maneiro-a-gente-e/), agradecemos bastante a indicação!

    Bom, como já disse vou colocar o Críticas no nosso blogroll, e escrever mais sobre cinema😉.

    Abração!

  6. 15 de março de 2009 às 14:12

    oi Ale, brigado pela visita lá no meu blog! E muitíssimo obrigado pela indicação..acho que eu não mereço não hein..kkkkk

    mas vou seguir as orientações acima, acho que vai ser legal.

    obrigado!!

  7. 17 de março de 2009 às 22:09

    Olá Alessandra! Em primeiro lugar, quero que saiba que sou admirador do Moviesense a tempos! Conheço o blog desde 2007 e acompanhei algumas postagens. A internet nos leva a caminhos aleatórios, mas eu sempre retorno ao seu endereço.

    Fico lisongiado que uma blogueira fenomenal como você tenha gostado do meu blog, e tenha me indicado a este prêmio.

    Você já está há tempos no blogroll do Filme do Livro, na seção Cinefilia.

    Farei o mesmo e indicarei meus preferidos, muito obrigado pela indicação, beijos, e volte sempre!!

  8. Will
    18 de março de 2009 às 3:49

    Olá, Alessandra!
    Que bom que gostaste do FilmStudio. A proposta do espaço é essa que comentaste, criando um diálogo mais próximo à análise e experiência cinematográfica que necessariamente à crítica (tão engessada nesses nossos dias).
    Vou indicar teu blog no meu e será um prazer ler acompanhar teus textos.

    Abraço,
    Will

  9. 6 de abril de 2009 às 22:31

    Oi Daniel R!

    Obrigada, novamente, por colocar o Crítica (non)sense no blogroll do Pensotopia. Só queria te alertar que o link que você indica por aqui não está disponível… por se acaso isso quer dizer que deu alguma pane nesta página do teu blog.😉

    A indicação de vocês foi merecidíssima. Gosto muito dos temas e dos textos que vocês publicam – os assuntos, RPG, games e cinema, entre outros, me interessam.

    Espero mesmo encontrar mais críticas de filmes no blog de vocês… mas, enquanto isso não acontece, vou lendo sobre os outros temas.😉

    Um abração, obrigada pela visita e volte sempre!

  10. Daniel R
    6 de abril de 2009 às 22:34

    Pois, senhorita, gostaria que você passasse por lá depois e desse a sua opinião sobre vazamentos de filmes na net, em um post que eu fiz sobre o vazamento do Wolverine. =D

    Obrigadíssimo pela atenção e vamos lendo e assistindo.

  11. 6 de abril de 2009 às 22:36

    Oi Mangabeira!!

    Mas é CLARO que você merece ser indicado para este e outros prêmios, da blogosfera ou da esfera paupável onde vivemos nas horas longe da internet. hehehehehehehehe

    O que eu espero é que você se anime a manter o blog sempre atualizado. Ainda que muitas vezes eu fique alheia às novidades dos bons blogueiros, mas sempre que dá tempo, darei uma visitadinha no teu espaço.

    Um abração e até breve.

  12. 6 de abril de 2009 às 23:03

    Oi Fernando!!

    Nossa, que legal tudo isso que comentastes… não sei exatamente como cheguei ao teu blog, mas é curioso esses “encontros e desencontros” da blogosfera, não é mesmo? Fico super feliz de saber que acompanhas o Crítica (non)sense desde 2007 e que volta e meia estás visitando o blog. Muito bacana!

    Indiquei você, tenha certeza, porque gosto muito do estilo do teu blog. Comentas sobre a obra original e logo depois sobre a adaptação para o cinema, citando outras fontes de informação inclusive. Acho muito bacana. Sempre que der, passarei por lá para ver sobre que livro/HQ e respectivos filmes andas comentando.

    Muita sorte com teu trabalho e com o blog. Um grande abraço (e volte sempre!).

  13. 6 de abril de 2009 às 23:35

    Olá Will!!

    Gostei mesmo do teu blog. Você comenta filmes que não são óbvios e traz informações “direto da fonte” sobre eles. E concordo contigo que a crítica velha de guerra está engessada mesmo… não por acaso as pessoas estão buscando mais opiniões e informação pela internet do que por outros meios, não é mesmo? A diversidade é o que faz deste mundo “blogueiro” algo que vale a pena.

    Te agradeço por indicar o Crítica (non)sense no teu blog. Obrigada mesmo! Isso é um incentivo. E falando nele, quero te incentivar a continuar com teu trabalho, mantendo tua página atualizada. Terás aqui uma leitora contumaz.😉

    Um grande abraço, obrigada por tua visita e comentário e volte sempre!

  14. 7 de abril de 2009 às 12:20

    Oi Daniel R!

    Li o teu texto sobre o Wolverine e o fato dele ter “vazado” na internet… prometo logo deixar um comentário lá no teu blog. Sobre esse assunto, tenho uma opinião muito clara: não há dúvidas de que a maioria destes “vazamentos” de filmes e discos são obra das próprias produtoras e discográficas. Eles sabem – está comprovado – que esse tipo de manobra só traz mais público para os cinemas, para as videolocadoras e faz mais gente comprar os CD’s originais. Ultimamente várias pessoas que entendem do assunto têm falado disso – vou citar, no teu blog, nomes como o de Henry Jenkins e Matt Mason.

    E obrigada você por estar “sempre presente”. Um grande abraço! (logo vou lá comentar)

  15. 20 de julho de 2009 às 10:32

    Olá Alessandra, vim aqui agradecer a indicação ao prêmio.

    Em breve irei responder e retribuir em meu blog!

  16. 29 de julho de 2009 às 14:10

    Oi Marcio!!

    Obrigada você pela visita, pelo comentário e por manter um blog tão bacana sempre atualizado. Também te agradeço por ter indicado de maneira tão veemente uma visita dos teus leitores para este humilde blog.😉 Valeu!

    Um grande abraço e volte mais vezes!

  17. sn8ze
    15 de dezembro de 2009 às 13:59

    Prince of persia é um que eu tenho esperado a um bom tempo… mas minhas frustrações com adaptações de games ainda são muito grandes😄
    quanto ao Anti-cristo, parece ser bem interessante, vi o trailer tb e to com vontade de ver.
    espero uma critica dele,hahah.

  18. 4 de janeiro de 2010 às 13:05

    Olá sn8ze!!

    Antes de mais nada, seja bem-vindo por aqui.

    Eu também espero por Prince of Persia e, desta vez, tenho esperanças que saia algo bom da cartola hollywoodiana. Vamos esperar para conferir…

    Antichrist já tem um comentário publicado no blog… dá uma procurada básica, na ferramenta de busca do blog, que vais encontrar. E depois apareça para dar as tuas impressões do filme, beleza?

    Um grande abraço e volte sempre.

  19. kooboo
    30 de março de 2011 às 15:54

    Alessandra,
    senti falta aqui da crítica sobre “Sucker Punch”🙂
    big bjo

    • 18 de novembro de 2011 às 23:05

      Oi kooboo!

      Anotadíssima a tua dica.

      Assim que eu puder, vou assistí-lo e comentar sobre ele por aqui. Obrigada pela recomendação.

      Beijos e inté! Volte mais vezes!

  20. Charles Stóico
    4 de setembro de 2012 às 23:30

    bacaníssimo o blog, super textos e altas dicas… só não encontrei o ‘non sense’ rs.
    voltarei!…
    bjs

    • 23 de setembro de 2013 às 0:26

      Oi Charles!

      Esse Stóico achei interessante… me lembrou outro sobrenome. Daí pensei: “não pode ser coincidência”. E ao ver o e-mail de origem, percebi que sim, tu eres o Charles que eu pensei.

      Quanta honra receber uma visita tua! Bacana mesmo. Obrigada pelo elogio. Fico muito, muito feliz que tenhas gostado do blog.
      Agora, sobre o nonsense… bueno, você sabe que o gosto é do freguês, né? Tem gente que, certamente, acha o que eu escrevo – ou pelo menos uma parte – meio nonsense. E tem gente que acha tudo muito lógico. Vai depender do gosto… hehehehehe

      Legal encontrar um recado teu aqui. Estou colocando o blog em dia, aos poucos. Por isso espero te “encontrar” em breve, talvez até comentando algum filme que tenhas gostado?

      Abraços grandes e inté!

  21. Ricardo Casademunt
    5 de fevereiro de 2013 às 9:51

    Ale, voce viu Heleno? Que vc achou? Gostei muito da atuaçao do Santoro e dessa imagem de filme anos 50 do tipo decadencia de grandes mitos de Holywood. Talvez faltou mais futebol e mais infancia dele e a ascençao, mas acho que a verdade é que o objetivo nao era ser biográfico e sim mostrar a queda do mito

    • 9 de janeiro de 2014 às 18:55

      Oi querido Ricardo!

      Que bom te ver aqui no blog!

      Não vi Heleno ainda… até tive oportunidade, mas acabou passando.

      Agora, com a tua indicação, fiquei curiosa e coloquei na lista de filmes indicados para que eu assista assim que for possível. Legal que você gostou dele… isso já é um bom sinal.

      Obrigada pela tua visita e pelo teu comentário. Espero que apareças por aqui mais vezes, inclusive para falar de outros filmes que você gostou.

      Beijos e até mais!

  1. 21 de julho de 2009 às 0:45
  2. 8 de novembro de 2009 às 16:36

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: